Carregando

Ipê roxo é plantado no Centro Histórico após vencer votação

Secretaria:
Meio Ambiente
Alex Natalino
28/08/2018 11:43

Uma muda de ipê roxo bola foi plantada na sexta-feira (24/8) para substituir uma árvore da espécie sibipiruna, que se situava no mesmo local, ao lado do Museu de Arte Sacra, e teve que ser removida por apresentar estado fitossanitário precário, podendo sofrer queda, o que colocava em risco a vida de pedestres, turistas e da própria estrutura do prédio do Centro Histórico, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN.

Lembrando que o procedimento de supressão da árvore ocorreu de acordo com os critérios técnicos e legais das normas que regem o tema - Clique aqui para saber mais detalhes.

O ipê roxo bola foi a árvore vencedora na votação pública promovida pela Secretaria Municipal de Planejamento e Meio Ambiente, no qual os munícipes puderam votar pelo site da Prefeitura, entre julho e agosto, para escolher uma das seis espécies sugeridas pelos técnicos, por serem espécies nativas de grande beleza, apropriadas à arborização urbana e estarem disponíveis no viveiro municipal do Pq.Francisco Rizzo. O ipê ao crescer pode ficar com a altura entre 4 e 10 metros e o diâmetro de seu tronco chega, em média, a possuir 40 centímetros. 

Uma outra muda, de um ipê amarelo, que ficou em 2º lugar, também foi plantada ali próximo, ao lado do Museu, para ocupar o espaço de uma outra árvore que foi retirada há alguns anos pelos mesmos motivos, por botar em risco as pessoas e a edificação.

Na votação, foram recebidos 1.457 votos, e a distribuição deles ficou da seguinte maneira: 1º) ipê roxo bola = 568;  2º) ipê amarelo = 325;  3º) ipê branco = 243;  4º) sibipiruna = 178;  5º) pau-brasil = 119 e  6º) pau de ferro = 24.

A arborização em vias públicas é um recurso importante não só para a estética da cidade, mas também para oferecer melhor qualidade de vida aos moradores. Por isso, é importante destacar que o corte e a depredação de árvores sem autorização do Poder Público são considerados crimes ambientais - Veja a Lei Federal 9.605/98 e a Lei Municipal 2515/2011.

Realizaram a plantação, as equipes das secretarias de "Planejamento e Meio Ambiente" e de "Serviços Urbanos", além da Defesa Civil do município.



Fotos: Thais Araújo/ PMEA
TUDO SOBRE
DESTAQUE

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005