Carregando

64 formandas em manicure e artesanato abrem caminho ao empreendedorismo e renda

Secretaria:
Fundo Social
Alex Natalino
23/11/2018 16:40

O Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de Embu das Artes realizou no dia (14/11) a formatura de alunas dos cursos de artesanato e manicure, ministrados em parceria com associações do município. Foram entregues os certificados de conclusão para 64 formandas, durante uma cerimônia ocorrida no Centro Cultural Mestre Assis do Embu.

A coordenadora do Fundo Social de Solidariedade, Graça Araújo, falou que os objetivos essenciais das formações são o atendimento a grupos em situação de vulnerabilidade social, a qualificação profissional, a geração de renda e a função terapêutica ocupacional da população e reiterou a missão de apoiar o 3º Setor: “A capacitação das mulheres por meio das associações comunitárias é de suma importância, pois sem elas o Poder Público teria muitas dificuldades em atendê-las”.

Já o secretário municipal adjunto da Secretaria de Trabalho e Emprego, Dedé, disse que o benefício gerado às pessoas que concluem os cursos o estimula a fazer ainda mais pela população. “O trabalho social é árduo e ao mesmo tempo prazeroso quando assistimos a transformação da vida delas”, declarou ele, que também é atuante líder comunitário na cidade. 

Representando todas as entidades comunitárias parceiras, a presidente da Associação Crisálida, Cremilda Conceição, ressaltou que a capacitação profissional estimula a geração de renda de diversas famílias e enfatizou as parcerias com o Poder Público. “Ações conjuntas com a Prefeitura são essenciais para atendermos bem a população, indistintamente, e de forma voluntária”, salientou Cremilda.

Desempregada e ex-funcionária de um restaurante, a formanda Cristiane Najara Ferreira Feitosa dos Santos, 40 anos, fez o curso de artesanato na Associação Jd. da Luz e já está produzindo toalhas trançadas em sua residência. “Eu não sabia nem usar uma agulha para costurar, mas o curso me ensinou muito, agora sei até bordar e já tenho cinco encomendas”, revelou.

Patricia Virgilio, 45, concluiu o curso de manicure na Associação Crisálida e está comprando os móveis para montar seu salão de beleza ainda este ano. Ela trabalhava com transporte escolar, mas devido ao falecimento da sua mãe, que ajudava a cuidar do seu filho com necessidade especial, irá montar o espaço em seu lar para ficar perto dele. ”Vou poder trabalhar em casa e olhar meu filho, pois não tenho com quem deixá-lo, e será um desafio exercer uma atividade totalmente diferente do que eu fazia, mas vou encarar”, afirmou categórica.

“Fazia informalmente as unhas das minhas amigas”, contou Carina do Nascimento, 28 anos, que se formou em manicure. Apesar de já possuir aptidão para o ofício, ela queria se aperfeiçoar, mas os cursos profissionalizantes conhecidos no mercado eram muito caros para sua realidade financeira. “Já estou formando uma clientela para ter minha própria renda e penso em fazer um curso de design de sobrancelha em breve”, completou.



Fotos: Thaís Araújo / PMEA
TUDO SOBRE
DESTAQUE

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005