Carregando

Obras melhoram infra-estrutura urbana

Secretaria:
Obras
Maria Regina Teixeira
13/03/2006 00:00

Ainda no primeiro semestre de 2006, serão concluídas importantes obras em diferentes pontos de Embu das Artes. As ruas Alberto Frankfort e Santa Eliza, que ligam os Jardins Vista Alegre e Mimás, em breve contarão com guias, sarjetas, sistema de drenagem e pavimentação. A Prefeitura da cidade está investindo somente nestas obras recursos próprios da ordem de R$ 400 mil. Uma área por muitos anos abandonada, sem qualquer urbanização e saneamento, ganhou vida nova após os investimentos conjuntos dos governos municipal e federal.

Sobre o córrego canalizado do Jardim Casa Branca, está sendo construída uma quadra poliesportiva coberta. Ao lado dela, as crianças da Escola Municipal de Educação Infantil do Jd. Casa Branca vêem a reforma que ampliará o pátio. A previsão é de que até o final de março tanto os alunos quanto os habitantes do entorno, numa das regiões mais populosas de Embu, possam aproveitar dos novos espaços de lazer e esporte.

Já tendo o contrato assinado através do Plano Comunitário de Pavimentação, os moradores das ruas Banoresa de Itu e Conde de Sarzedas, no Engenho Velho, terão executadas guias e sarjetas. Também beneficiada, a rua Centauro (Jd. do Colégio) receberá pavimentação e drenagem. As próximas vias cujo processo de adesão ao Plano Comunitário está em fase conclusiva para serem pavimentadas são: rua da Paz (Jd. Nsa. Sra. de Fátima) e as ruas Anunciação, Hermes da Fonseca, José Linhares e Vila Nova, no Jd. Presidente Kennedy. Administrando da melhor maneira os poucos recursos próprios disponíveis e em parcerias com moradores e convênios com o governo federal, a Prefeitura por meio da Secretaria de Obras e Edificações trabalha para valorizar a beleza e melhorar a infra-estrutura do município.

Um convênio firmado com o governo federal possibilitará urbanizar as áreas e canalizar os córregos da rua das Pinturas, na Vila Regina e da rua do Realismo (Vila Marina). As obras estão orçadas em R$ 2,6 milhões.

Falta de repasses do Estado

Outras obras reivindicadas pela população de Embu das Artes, necessárias para melhorar a infra-estrutura e urbanização local, estão em compasso de espera. O motivo de não terem sido iniciadas, mesmo com licitações já realizadas, é o não-repasse de recursos pelo governo do Estado de São Paulo. As verbas são provenientes do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade) e do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (Fumefi).

Um dos problemas provocados é o atraso na canalização, melhoria urbanística e do pavimento do Centro Histórico de Embu das Artes. "Cancelamos as licitações por ter vencido o prazo legal para as obras nas ruas Belo Horizonte, Domingos Paschoal e da Matriz; fizemos novas licitações e há um ano aguardamos a verba de 3% do valor do projeto que o Dade não repassou", lamenta o secretário de Obras Helton Rodrigues. Ao mesmo tempo, o Fumefi não libera os recursos que são do município por direito e prejudica milhares de moradores que aguardam a canalização do córrego no Jd. Valo Verde, obra que se estenderá até a praça Osmar Meira.



DESTAQUE

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005