Carregando

Embu inicia projeto inédito no País para salvar vidas

Secretaria:
Mobilidade Urbana
Elke Lopes Muniz
26/03/2009 00:00

Embu das Artes sai na frente com mais um projeto inédito. Cria a figura do orientador de trânsito, com a função de auxiliar o pedestre em portas de escolas e comércio, colaborando para a redução de atropelamentos e mortes nas ruas da cidade. A medida faz parte do Projeto Cidade Mais Segura e foi idealizado pelo próprio prefeito Prefeito. “A idéia é oferecer mais segurança para a população nos pontos mais críticos, como entrada de escolas e portas de centros comerciais, locais pontuais de grande demanda de pessoas e veículos”. No início, os monitores trabalharão durante a semana, mas em maio, de acordo com o prefeito, vão dar plantão no fim de semana. A proposta é que no futuro os orientadores ocupem outros pontos da cidade.

A partir de hoje, 25/3, os 32 orientadores de trânsito de Transporte e Trânsito, da Prefeitura de Embu, depois de empossados, em cerimônia que contou com a presença do prefeito, estarão de plantão das 6h30 às 18h30, inicialmente de segunda a sexta-feira, nos pontos mais críticos dos bairros Jardim Santo Eduardo (E.E. Elizete Bertini), Jardim Dom José (E.E. Chave do Saber e E.M. Pau Brasil), Jardim Santa Tereza (Largo Santa Tereza), Jardim Pirajuçara (E.M. Valdelice e padaria Gota de Neve), Jardim Vazame (E.E. Sueli Funari) e Centro (E.E. Maria Auxiliadora). Para seleção e formação dos orientadores de trânsito foi feita antes uma triagem com testes psicológicos entre os candidatos, para selecionar aqueles que estariam aptos a lidar com o público. Os selecionados no teste psicológico fizeram o curso de dois meses, com treinamento teórico e prático.

Mas qual será estatisticamente a colaboração dos orientadores de trânsito quanto a acidentes? A Secretaria de Transporte e Trânsito, com apenas três meses de atividades, pretende buscar informações e elaborar um banco de dados que permita essa avaliação, segundo o secretário Francisco Carlos Pereira da Silva. Isso porque muitos dos pedestres não registram ocorrência e há acidentes que são catalogados em outra comarca. “O número de acidentes não é pequeno e 80% ocorrem na periferia da cidade, para onde serão encaminhados os orientadores de trânsito nesta primeira etapa do programa”, disse o secretário.  “Todo mês rezamos missa para alguém que morreu num acidente”, revelou o padre André Dimas Diegues, da Igreja São Judas Tadeu e Santa Clara, no Jardim Pinheirinho, que abençoou a nova turma de salva-vidas do trânsito no Embu.



DESTAQUE

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005