Carregando

Procon-Embu abre ciclo de palestras em escolas

Secretaria:
Assuntos Jurídicos
Elke Lopes Muniz
27/03/2009 00:00

A palestra Educação para o Consumo, proferida pela coordenadora do Procon-Embu, Maria Inês Alvarenga, dia 26/3, na Escola Municipal Elza Marreiro Medina, no Jardim dos Moraes, Embu, SP, ensinou aos participantes como ser um consumidor consciente e cidadão, ou seja, saber comprar e não comprar produtos fabricados com exploração de mão-de-obra infantil, por exemplo. “Somos consumidores desde quando nascemos e não somos preparados para lidar com isso”, disse Maria Inês. Ela falou de questões como consumo consciente, consumo e necessidades básicas, consumo compulsivo e Código do Consumidor. 

A coordenadora apresentou exemplos de propaganda enganosa e de como somos influenciados para comprar aberrações como “água diet”, “óleo sem colesterol” e produtos para “acabar com a celulite em duas horas”, disponíveis no mercado – “Não existe água diet, nenhum óleo tem colesterol e muitas compram o produto mesmo sabendo que não dá para acabar com a celulite em duas horas”, disse.

Maria Inês dirigiu boa parte da sua palestra às mulheres, a maioria na sua palestra e no contigente de consumo mundial. Elas respondem por 70% das compras. A coordenadora do Procon alertou para o uso errado do cartão de crédito e os crediários e deu algumas dicas, como nunca ir ao supermercado com fome, não assinar contratos sem ler e ter total atenção aos direitos do consumidor.

A abertura do ciclo de palestras do Procon-Embu foi feita pelo vice-prefeito e secretário de Assuntos Jurídicos, Natinha, que chamou a atenção para a utilidade de saber mais sobre consumo e foi aplaudido ao citar o próprio exemplo para que os estudantes nunca desistam do seu objetivo. “Eu saí da escola aos 9 anos, voltei, fiz supletivo e com dificuldade estudei Direito e em 2006 prestei o exame da OAB, enquanto muita gente dizia que eu não ia conseguir. E quando eu era estudante não sabia e tinha vergonha de perguntar. Não tenham vergonha de perguntar”, disse Natinha.

A palestra do Procon-Embu foi dirigida a alunos do programa Educação para Jovens e Adultos (EJA), Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos (Mova) e Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) das escolas do município de Embu. Depois da palestra, Selma Ferreira, moradora do Jardim do Colégio e estudante do 1º ano jurou que vai se corrigir: “Eu não faço nada disso, mas vou fazer a partir de agora”, declarou. Há outras palestras programadas e que serão realizadas, sempre às 20 horas. Veja a seguir o roteiro:

Abril
Dia 16, quinta
: E. M. Astrogilda de Abreu Sevilha, Rua São Rafael, 59, região do Jardim Vista Alegre
Dia 30, quinta: E. M. Pau Brasil, Rua Tatui, 40, região do Jardim Dom José 

Maio
Dia 7, quinta
: E. M. Valdelice A. Medeiros Prass, Praça Manoel Almeida dos Santos, região do Parque Pirajussara
Dia 14, quinta: E. M. Mauro Ferreira da Silva, estrada Prof. Cândido Mota Filho, 1071, região do Jardim Santa Luzia.

Mais informações pelo telefone (11) 4785-3568.



DESTAQUE

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005