Carregando

Coleta seletiva de lixo em Embu terá ampliação

Secretaria:
Meio Ambiente
Rita de Biaggio
10/04/2005 00:00

A Prefeitura da Estância Turística de Embu, através da Secretaria do Meio Ambiente,  está iniciando uma série de atividades para ampliar a coleta seletiva no município. Com essas iniciativas espera-se que, em um período de dois anos, a cidade salte de 50 para 100 toneladas de lixo reciclado por mês.

Até o final de abril, a Secretaria do Meio Ambiente deve instalar 17 novos contêineres para coleta seletiva em Escolas Municipais e Sociedades de Amigos de Bairro do município, trabalho que será acompanhado de atividades de conscientização da população residente no entorno sobre a importância da reciclagem do lixo.

Esses 17 contêineres, adquiridos com recursos provenientes do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), somam-se a equipamentos instalados no município por empresas que cometeram infrações contra o meio ambiente e tiveram suas multas pecuniárias convertidas em investimentos realizados pelo próprio infrator que garantam a preservação ambiental.

De acordo com o secretário municipal do Meio Ambiente, João Carlos Ramos, multas resultantes de infrações ambientais cometidas por empresas ou pessoas quando convertidas em ações de preservação do próprio infrator trazem um retorno maior para a cidade.

"Quando conseguimos tornar o infrator em um agente promotor da defesa do meio ambiente ganhamos duas vezes: temos investimentos na ampliação da coleta seletiva e no replantio de árvores em áreas degradadas ou praças públicas sem onerar os cofres municipais e garantimos que  os indivíduos penalizados dificilmente se tornarão reinfratores", garante João Ramos.

A Secretaria do Meio Ambiente, em parceira com a Incubadora de Cooperativas e a Cooperativa de Reciclagem de Matéria-prima de Embu (Coopermape), também está iniciando um trabalho para a implantação de um projeto piloto que prevê a instalação de um centro de triagem, o Posto de Entrega de Carroceiros (PEC), no Jardim Júlia.

Com a iniciativa, a prefeitura espera inserir os carroceiros na coleta seletiva, que serão uniformizados e passarão por uma capacitação para que se transformem em agentes multiplicadores da campanha junto aos moradores do bairro. Todo o material recolhido será levado até o centro de triagem e vendido para a Coopermape pelo valor de mercado.

Hoje a Coopermape já compra parte do material reciclável que comercializa, envolvendo os carroceiros da cidade na campanha de coleta seletiva não só eliminaria os atravessadores como também garantiria a reinserção desses indivíduos na sociedade. O projeto piloto no Jardim Júlia deve ser implantado até o final do primeiro semestre desse ano.  Informações sobre os postos de Coleta Seletiva e itinerário do caminhão da Coopermape podem ser obtidas através do telefone 4781-4953.



TUDO SOBRE
DESTAQUE

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005