Prefeito é homenageado com prêmio por incentivo a empresas

Secretaria:
Prefeito
Alex Natalino
03/06/2016 00:00

O prefeito Prefeito foi homenageado durante o evento de entrega do prêmio “Empresas & Empresários Destaque 2016”, organizado pelos jornais Hora Exata e Um Novo Jornal e realizado no Hotel Rancho Silvestre na noite de quinta-feira (2/6), sob a apresentação do jornalista Carlos Cavalcante, da TV Record.   

Condecorado com uma placa, Prefeito foi reverenciado por exercer uma gestão que promoveu efetivamente o crescimento econômico e social de Embu das Artes, gerando condições para o estabelecimento e fortalecimento de empresas de todos os portes e proporcionando melhor qualidade de vida à população.

Houve a exibição de um vídeo com um balanço de todos os investimentos que o prefeito executou na cidade, na área social, de saúde, de educação, esporte, habitação, infraestrutura, entre outras, com a participação de sua esposa e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Daniela Brito, que fez um relato do marido, sobre seu caráter humano e companheiro.

No decorrer da cerimônia, empresas e empresários receberam das mãos do prefeito e das autoridades as placas do prêmio “Empresas & Empresários Destaque 2016”, resultado de uma pesquisa de opinião aplicada junto aos consumidores de todo o município, perguntando a eles quais eram as marcas mais lembradas por ofertarem os melhores serviços e produtos.

“Se não valorizarmos o que é nosso não será outro que o fará”, afirmou Prefeito no início do seu discurso, referindo-se à importância do prêmio para o reconhecimento da força das empresas.

Sobre a crise econômica, o prefeito disse que não é a primeira nem será a última vez que enfrentaremos, pois fazemos parte de um macrossistema capitalista movido, naturalmente, por ciclos que oscilam. “Quem não inova é engolido pela crise, pois a diferença entre empresário e empreendedor é que enquanto o primeiro só visa o lucro e se estagna, o último busca alcançar qualidade e inovação“.

As disparidades socioeconômicas de Embu das Artes, segundo Prefeito, são frutos de um aumento populacional desordenado do município que tinha 5 mil habitantes em 1959 e saltou para 18 mil (1970), 150 mil (1980) e 260 mil (2016), devido à migração de pessoas em busca de uma nova perspectiva de vida.  

“As cidades precisam crescer economicamente para elevar sua população de baixa renda a um patamar superior e mais justo socialmente”, disse Prefeito, revelando o aumento em 210% na arrecadação de ICMS com a chegada de novas empresas e elogiando a sensibilidade social empresarial, que em parceira com a Prefeitura, investe em projetos como reforma e construção de quadras, implantação de campos com grama sintética, reestruturação de vias, informatização de unidades de saúde etc.

O diretor do jornal Hora Exata, Olmaro Bebiano, tratou de espantar a crise: “Sabemos das dificuldades, mas mesmo assim, empresários conseguem superá-las e se destacarem, o que é muito significativo”, exaltou. “Será moleza para nós sairmos dessa, pois já tivemos momentos econômicos piores no País”, concluiu.  

“O trabalho de divulgação da mídia é uma maneira de incentivarmos o setor, pois ao coletarmos opiniões, identificamos o potencial de consumo das empresas”, declarou o diretor do Um Novo Jornal, Manoel Rocha.

Autoridades na mesa: Alcionei Miranda (secretário de Assuntos Jurídicos); Felipe do Rancho (Rancho Silvestre), Lucas Caetano (presidente da OAB Embu das Artes) e Marcelo M. Petti (Agência Armazém).

Presentes: secretários municipais Francisco Iderval (Chefia de Gabinete) e Nelson Pedroso (Obras), Daniela Brito (presidente do Fundo Social de Solidariedade), vereador Gilson Oliveira, Milton do Rancho, empresários, amigos e familiares.



Fotos: Guego