Carregando

Município Verde e Azul

O que é o Município VerdeAzul?

                O Programa Município VerdeAzul foi criado em 2007 pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente como um instrumento para medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental através da comprovação de ações recomendadas e em torno de dez eixos temáticos inter-relacionados.

                A adesão é feita voluntariamente pelas cidades, e os municípios mais bem colocados podem pleitear verbas junto ao Fundo Estadual de Controle da Poluição (FECOP).

                O município aderiu ao programa já em 2008, e todos os anos o Prefeito em exercício é responsável pela assinatura de um termo de adesão, no qual se compromete  ao mesmo e indica um interlocutor e um suplente, que são os responsáveis por fazer o diálogo entre o Órgão ambiental e a municipalidade, coletando as informações e direcionando as práticas ambientais, embora os temas sejam de responsabilidade de todos.

 

Como funciona?

                O programa divide-se em dez diretivas, e ao longo do ano os interlocutores participam de eventos de capacitação e tira-dúvidas em todo o estado.

                Durante o período, ocorrem pré-certificações, sendo a etapa final concluída ao final de cada ano. O cumprimento de tais exigências demandam relatórios de gestão ambiental que comprovem as ações de acordo com a agenda ambiental municipal.

                Como o objetivo central do programa é estabelecer práticas ambientais viáveis, muitas das ações que já ocorrem na Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente já são consideradas, e com base na conformidade do cumprimento das diretivas e no seu desempenho proporcional, a SMA(Secretaria do Meio Ambiente) estabelece o Índice de Avaliação Ambiental (IAA), que medirá o grau de comprometimento da gestão em relação à agenda ambiental estadual.

Fonte: Secretaria Estadual de Meio Ambiente apud Prefeitura Municipal da Estância Turística de Embu das Artes

Resultados Obtidos

A elaboração da leis é fundamental para o ordenamento gerencial e para a pontuação das cidades no Programa. Alguns projetos foram criados pela Secretaria e já são aplicados, como a lei que proíbe as queimadas urbanas (nº2525/2011) e o Plano Municipal de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (Nº 247/2014).

Outros resultados foram:

  • Projeto piloto de hortas urbanas em terreno sub-utilizado;
  • Criação de um departamento de Educação Ambiental na Secretaria;
  • Capacitação dos técnicos através da SMA;
  • Participação das Oficinas Operação Verão e Operação Estiagem da Defesa Civil do Estado de São Paulo na prevenção de desastres;
  • Adesão ao Programa Cidades Resilientes da ONU;
  • Realização do I Fórum de Meio Ambiente em 2017, com diversas oficinas voltadas à população
  • Entre outros

As 10 Diretivas

  1. Município Sustentável
  2. Estrutura e Educação Ambiental
  3. Conselho Ambiental
  4. Biodiversidade
  5. Gestão das Águas
  6. Qualidade do Ar
  7. Uso do Solo
  8. Arborização Urbana
  9. Esgoto Tratado
  10. Resíduos Sólidos

 

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005